Buscar
  • fernanda6416

Planejamento eficiente de obras


Obras eficientes são resultados de planejamentos eficientes. Essa afirmação norteia todo um caminho a ser percorrido para se chegar a um resultado físico-financeiro positivo e satisfatório na execução de um empreendimento. Este caminho chama-se Planejamento.


Um planejamento de obras eficiente envolve o estudo de diversas etapas de um projeto de construção e a reunião de todas as informações possíveis previamente a realização da obra. A análise exaustiva destas informações, possuem fundamental importância para o sucesso do projeto, pois as mesmas serão utilizadas para elaborar um planejamento que se aproxime da realidade do dia a dia de um canteiro de obras.


Como importante etapa do planejamento, está a análise dos dados e aspectos do terreno e seus arredores, além do levantamento das informações do local, que servirão como base para a concepção dos projetos estrutural, arquitetônico e complementares (elétrico, hidráulico, ar condicionado, energia solar e etc...). Uma boa análise e um estudo de sondagem comprometido com as normas da boa engenharia, garantirão nesta etapa, um início de planejamento seguro e embasado para elaboração dos projetos necessários a construção.


A concepção dos projetos está no cerne do planejamento de uma construção, são através destes documentos que a obra se guiará. Os projetos de construção devem ser elaborados contendo o máximo de detalhamento e informações possíveis em seus desenhos não deixando espaço para dúvidas ou erros, além de apresentar um memorial descritivo incluindo todos os itens que devem ser utilizados na construção. Após a elaboração e aprovação dos projetos pelos envolvidos, outra importante etapa do planejamento se inicia: a compatibilização de todos os projetos referentes a obra. Esta etapa requer um desprendimento de tempo importante, necessário e pouco compreendido por alguns profissionais do mercado de construção civil brasileiro, acostumados a “planejar” em tempo recorde e a executar em longo tempo, uma lógica invertida da boa engenharia. O estabelecimento de prazos na construção é algo imprescindível e provisioná-los de forma compatível a necessidade e a realidade do projeto é um exercício que demanda tempo e estudo. Por isso mesmo a importância em demandar um maior tempo no planejamento para que se ganhe tempo na execução.


Parece claro e evidente que planejar demande atenção e tempo em qualquer projeto, porém o imediatismo das construções, a falta de atenção aos detalhes na elaboração dos projetos e a ineficiência na compatibilização dos projetos de construção, levam a prejuízos físicos-financeiros que poderiam ser evitados com um maior desprendimento de tempo e trabalho na elaboração de um planejamento detalhado e eficiente do projeto em questão.


Planejamentos eficientes geram obras eficientes.


Cássio Piassi – Engenheiro Civil

Coordenador Comercial Nacional – Grupo Eminus.





65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo